Um local para homens conscientes de seu papel. Obsv.


Entendendo um pouco de G0y-Centric Theology

 
Pedro Roma de Castro
 

Agradeço o convite para escrever um pouco sobre o que seria a Teologia centrada no G-zero-y. Esse tema foi trazido ao Brasil pelo trabalho do Prof. Flávio Wiik em 2012, no artigo intitulado: “Os G0ys: Religião, Sexualidade, Gênero e Identidades Homoeróticas na Contemporaneidade “ OPS! Religião?!

 

De fato, em que pese o contraditório e com a devida vênia ao autor, apesar da sua qualidade, quem vai ao artigo precisametne para entender a G0y-Centric Theology sai com a sensação de frustação. Lê o trabalho inteiro e se pergunta cadê os fundamentos da dita Teologia? Porque o homoerotismo não é pecado? Na minha opinião, o artigo de Wiik é bem mais genérico e não mergulha nessas questões teológicas.

 

Nesse sentido, apesar de não ser Teólogo, vou buscar contribuir e sanar as dúvidas talvez de milhares de leitores, de uma forma mais leiga e buscando as respostas em raciocínio lógico pleno e na Bíblia, enquanto palavra sagrada.

 

Podemos começar a linha de raciocínio por Levítico 18:22 e para muitos talvez nem precisasse citar pois devem saber de memória. Mesmo sabendo de “cór” se quiserem ler peguem a Bíblia verá que estará variando, conforme a tradução:

 

“18:22 Homem com outro homem não deitarás, isso é abominação aos olhos do senhor.”

 

Bateu? Está igual ou próximo da sua tradução?

O original em hebraico seria:  שֶׁלֹּא לִשְׁכַּב עִם זָכָר, שֶׁנֶּאֱמָר "וְאֶת-זָכָר--לֹא תִשְׁכַּב" (ויקרא יח. Na versão da Bíblia na Linguagem de hoje (conforme fotografia) é possível ver que eles já traduziram como “ter relações” – o que melhorou bastante.

 

O que acontece é que tanto o Catolicismo como as igrejas evangélicas interpretam esse “deitar”, como sendo um indicativo para não se ter intimidade erótica com outro homem.

 

Ou seja, nada de toque, beijo, contato,  etc. Tudo isso seria abominação.

 

Mas isso é apenas uma interpretação, afinal o povo hebreu jamais aceitaria no trono um Rei que fazia isso tudo, se isso fosse abominação.

 

Com certeza o Rei seria deposto e sairia do trono na hora. No entanto o Rei David, beijava, abraçava, chorava junto e mais ainda declarava que amava mais Jônatas que as tantas mulheres que possuía.

 

Aqui mesmo no site heterogoy, pelo que percebi, já se relatou a relação afetiva de David e Jônatas com sendo um grande Bromance (ou seja romance entre homens e sem sexo) – clique aqui se quiser aprofundar – e vide o item 07.

 

Diante de fatos homo eróticos/afetivos históricos e também relatos Bíblicos, então alguma coisa não bate correto?

 

E, o deitar de Levíticos interpretado como tudo e qualquer coisa homo, leva a esse erro e a essa homofobia das igrejas.

 

Ok em Levítico 'deitar' eh proibido .... assim diz o texto segundo as interpretações.

                    

Agora peço que vá em Eclesiastes (capítulo 4, versículo 11) e talvez fiquem pasmos.

                  

Ele ESTIMULA dois homens dormirem juntos!

 

Conhecereis a verdade e a verdade os libertará.

E mais uma vez, o trecho de Eclesiastes não tem nada de homossexualismo, não contraria Levíticos, pois relata apenas uma amizade com contato íntimo e de companheirismo e de uma 'ajuda mútua durante a noite'.

 

Um homem aquecendo um ao outro, mas sem a abominação (transa homo).

 

4:11 “No deserto se dois dormirem juntos, eles se aquecerão durante a noite; mas um só, como se aquentará?”

 

Pronto, já possuem os elementos básicos para formar o raciocínio da Teologia centrada no g0y e como a intenção aqui não é doutrinar, persigam as suas respostas.

No meu caso, assumo que era uma coisa que não fazia sentido para mim, por isso fui correr atrás de respostas, até para o meu maior conforto e equilíbrio psíquico e espiritual.  Jesus nunca dirigiu uma palavra contra homem com homem, e se dirigiu não está registrado. O Rei David no maior agarramento entorno de Jônatas.  A lei condenando o homossexualismo. Jesus o Cristo e Salvador pregando o amor, amor e o amor.

                      

Como resolver esse quebra cabeças?       

               

Simples, depois que se separa homossexualismo de homoerotismo.

 

 

 

Para saber mais:

Almeida Neto, A. J., Castro, P. M. R., Razuck, F.B. & Mamede, W. (2017). Género y identidad masculina en el nuevo milenio: La homoafectividad y la visión social basada en la filosofía de comportamiento GØy (G-cero-y). Psicología, Conocimiento y Sociedad. 7(1), 199-225. Acesso on-line em português: http://revista.psico.edu.uy/index.php/revpsicologia/article/view/305/323.

 

Castro, P. M. R. (2015). No sexo tudo é normal. Nada é pecado. Será?  Acesso on-linehttp://www.topvitrine.com.br/artigo/sera-no-sexo-tudo-e-normal-nada-e-pecado

 

Fleischman, D. S., Fessler, D. M. T. & Cholakians, A. E. (2015). Testing the Affiliation Hypothesis of Homoerotic Motivation in Humans: The Effects of Progesterone and Priming. Archives of Sexual Behavior, 44(5), 1395-1404. Acesso on-line: https://link.springer.com/article/10.1007%2Fs10508-014-0436-6

 

Padre Fábio de Melo -> Melo, F. (2011). A diferença entre homossexualidade e homoafetividade. TV Canção Nova. Acesso on-line: https://www.youtube.com/watch?v=oyreYtTrqX8

 

Rabino Akiba Allyn -> Allyn, A. (2015). Homossexualidade, qual é o ponto de vista judaico? Acesso on-line: http://brasilgzeroy.blogspot.com.br/2015/06/homossexualidade-qual-e-o-ponto-de.html

 

Samorano, C. (2014). Entenda os termos 'goy' e 'bromance'. Portal Saúde Plena. Acesso on-linehttp://www.uai.com.br/app/noticia/saude/2014/10/06/noticias-saude,191441/entenda-os-termos-goy-e-bromance.shtml

 

Wiik, F. B. (2012). Os g0ys: Religião, sexualidade, gênero e identidades homoeróticas na contemporaneidade. Psicología, Conocimiento y Sociedad. 2 (2), 66-83. Acesso on-line: http://revista.psico.edu.uy/index.php/revpsicologia/issue/view/34

 

O que é Heteroflexibilidade? Conteúdo Encicoplédico do Wikipédia. https://pt.wikipedia.org/wiki/Heteroflexibilidade