Um local para homens conscientes de seu papel. obsv.


Sobre nós - Bem vindo ao site

 

Essa página contem informações detalhadas sobre o projeto g0y pelo mundo, sobre seus propósitos, sua origem, focando em uma visão crítica que auxiliará a você que está em dúvida ou simplesmente querendo saber mais sobre o assunto.


História do movimento g0y

Não se sabe ao certo como surgiu a expressão g0y, que ao longo do tempo, cada vez mais pessoas passaram a identificar-se. De certo nasceu nos Estados Unidos nos meados da primeira década dos anos 2000 e há fortes indícios que o termo tenha surgido no meio dos surfistas, skatistas e das frat houses (fraternidades masculinas universitárias).

Aparentemente o ZERO surgiu como uma brincadeira que tornou-se séria. Dentre as dezenas de denominações de comportamento e identidade sexual, não havia uma que designasse o que hoje se chama de hetero g0y. Apesar de existir milhares (ou milhões) de homens que sempre se comportaram dessa forma.

Aparentemente no mundo antigo, o comportamento g0y era absolutamente normal, não apenas na Grécia, mas entre diversas civilizações que em uma história paralela não entraram em contato com a cultura ocidental que basicamente foi formada após a supremacia do império Romano, incluindo as nossas sociedades latinas, como os Maias, Astecas, tupis-guaranis, tupinambás, etc. A prática do sexo anal como elemento de depravação aparemente de uma forma contutende passou a ocorrer em Roma, como uma forma inclusive de demonstração de poder, do imperador para com os subordinados, dos vitoriosos para os conquistados, etc. enfim como regra sobressaia a figura do ativo subjugando o passivo.

Não precisa falar muito para demonstrar que o imperialismo romano foi uma época de depravação e degradação humana, não apenas no campo sexual, mas em todos os sentidos, a atração e o divertimento principal era jogar seres humanos ao leões apenas como show, a míseria da população era extrema drasticamente constrastando com a riqueza da corte... Independentemente se tu és crente ou não, não à toa foi justamente o período em que a promessa se cumpriu e Jesus se fêz homem, ou será que foi uma mera coincidência? Não fica a impressão que justamente os ensinamentos de resgate e de amor pregados por esse grande ser também eram para reequilibrar o sistema absolutamente não feliz e que estava totalmente degradado? O Império Romano foi tão grande que o seu reinado controlava aproximadamente 6,5 milhões de km² da superfície terrestre. Por causa da vasta extensão do império e sua longa duração, as instituições e a cultura de Roma tiveram uma profunda e duradoura influência sobre o desenvolvimento dos idiomas, religião, filosofia, direito e formas de governo nos território governados, particularmente na Europa e, depois por meio do expansionismo europeu, também, em todo o mundo moderno ocidental.

Isso somente para falar que da Grécia antiga (onde o comportamento g0y era absolutamente normal e, ao contrário do que dizem, o sexo anal  não era recorrente) até o início do novo milênio ou dos anos 2000, houve um "limbo"; o comportamento g0y deslocou-se para um segundo plano, sem identidade e qualquer manifestação de carinho e afeto entre machos, passou a ser condenado; e acreditamos que erroneamente associado a comportamento transviado, a comportamento gay. O movimento g0y é internacional, e é basicamente um movimento social de resgate, onde o moderno passa ser resgatar comportamentos saudáveis e bons que já existiam no passado. 

No Brasil a divulgação da filosofia g0y para o grande público começou por meio dos Blogs, um de discussão mais epistemológica e filosófica sobre a masculinidade na idade adulta (+18.blogspot) e um outro que focava os bastidores e os segredos das fraternidades masculinas (clubdepunheta.blogspot.com). Ambos os blogs não estão mais no ar, mas os novos conceitos já haviam "vazado" no país. Para se ter uma ideia no blog Frat de Homens (clubdepunheta) o post que explicava o que era um g0y, chegou a ter mais de 20.000 acessos antes de ser retirado do ar em 2011.

Foi o suficiente para as pessoas que se identicam com a filosofia de vida e postura sexual, começarem a mobilizar-se criando grupos e procurando saber mais sobre o assunto, novos blogs brasileiros surgiram, e também sites (incluindo o nosso)... Hoje pode-se dizer que o movimento g0y é um movimento social sem um líder (ou então, com vários e vários líderes, sem existir comando centralizado), onde cada um a seu modo tenta mostrar para o mundo que não somos poucos, nem exceções, somos pessoas do bem, retos e conscientes do nosso papel masculino.