Um local para homens conscientes de seu papel. obsv.


O que é uma Costela?

12/01/2016 10:17

Mais uma vez falando da criação do homem e da mulher. Foi publicado um estudo no mínimo 'bombástico' nesse tema. No estudo anterior que retratamos aqui, a ciência mostrava que Adão (ou seja, o primeiro homo sapiens) seria bem anterior a sua versão feminina (metaforicamente, chamada de Eva), ou seja os machos viveram sem mulheres durante um bom tempo. Tese científica, que reforçaria a versão bíblica, em que a mulher foi criada somente depois, simbolicamente derivada de uma costela, retirada do macho.

Mas que costela seria essa?

Certamente, os mais racionais nunca imaginaram que seria uma costela de fato. Mas um simbolismo. 

Agora um estudo realizado na Universidade Judaica de Maryland (EUA), publicado recentemente na Biblical Archaeology Review,  aponta para a palavra hebraica "stl" (שללא), que na versão judaica da Torah, aparece como  "tsela", que está no livro sagrado do cristianismo, como 'costela', talvez não tenha tido a tradução correta. O Prof. Zevit, autor do estudo diz que o termo tsela está relacionado à anatomia do corpo humano e a algo rígido ou visto em pé, sendo que, no caso dos homens, poderia ser o pênis.

 

Com essa nova versão, pode-se até viajar em mil elocubrações, pois a mulher poder ter sido derivada de um "pênis duro", leva-se a crer que o sexo tem alguma coisa a ver com, a nossa atual geração chamada de degradados filhos de Eva, isso se essa versão da 'stela peniana', estiver correta - mas, o sexo entraria? Como exatamente? Ah isso ninguém sabe!.

 

Mas interpretação, também possível e que foi dada pelo Prof. Zevit não é sexual, em um sentido de cópula. Para ele, é que diferentemente do que os cristãos e também vários outros credos acreditam, Eva foi fetia a partir de um "osso do pênis" de Adão e não da costela.

 

Para não ser apenas uma discussão judaica teológica, a hipótese ou pré-teoria encontra certo respaldo no fato inusitado de que o macho do homo sapiens, dentre os animais é certamente uma exceção, pois trata-se de um macho que não possui o báculo, uma espécie de "osso do pênis", que está presente na maioria dos mamíferos.

Contrariando a versão interpretativa da atual visão científica da evolução das espécies, cabe registrar que, tanto os  gorilas como os  chimpanzés  possuem báculo.

 

Leia mais (em inglês):

http://www.biblicalarchaeology.org/magazine/

edição de set/out de 2015.

 

 

—————

Voltar