Um local para homens conscientes de seu papel. obsv.


O efeito das manifestações sobre a audiência na TV

21/03/2015 14:47

O dia 15 de março marcou pelo ato de mais 2 milhões e 300 mil de brasileiros saírem às ruas para protestarem contra o atual governo; 2,3 milhões isso, segundo as estatísticas da Polícia Militar, pois segundo os organizadores seriam mais de 3 milhões. A pergunta que fica é, e os brasileiros que não foram às ruas e acompanharam ao longe?

Nesse dia, as manifestações provocaram um comportamento totalmente atípico na audiência das emissoras de TV. Um deles, por exemplo, foram os picos de audiência registrados nas horas dos intervalos, justamente no momento da entrada de chamadas /flash ao vivo registradas em vários canais. 

Outros comportamentos da audiência registrada pelos números do Ibope que são relativos ao interesse do público colocam em evidência a GloboNews com liderança absoluta na TV paga. As 10h35m dedicadas aos protestos fizeram com que o canal superasse até mesmo a audiência de canais de rede aberta e fizeram também o canal alcançar o 4º lugar no ranking geral, perdendo apenas para Globo, Record e o SBT. 

GloboNews lidera em dia de manifestações e alcança maior audiência desde 2010. (leia mais)

Cerca de 6 milhões e 700 mil pessoas acompanharam a transmissão da GloboNews, ou seja, trata-se do melhor resultado desde 2010, superando inclusive os 5,9 milhões alcançados durante o 1º turno das eleições de 2014.

Destaque também para o “Fantástico”, que bateu recorde de audiência em 2015 com a cobertura das manifestações em todo o Brasil. O “show da vida” obteve expressivos 26 pontos representando no dia o pico do programa, que na média possuiu 23 pontos no ibope. 

Veja como foram os índices de audiência na TV aberta nesse dia:

Confira as audiências de domingo (15/03):

:globo:

Globo Rural: 10

Auto Esporte: 9

Esporte Espetacular: 11

Esquenta!: 12

Temperatura Máxima: 13

Campeonato Paulista (São Paulo x Ponte Preta): 15

Domingão do Faustão: 16

Fantástico: 23  (exibição de matéria sobre as manifestações)

Big Brother Brasil 15: 16

Planeta Extremo: 10

Domingo Maior: 7

:record:

Desenhos Bíblicos: 2

Record Kids: 5

Domingo Show: 10 (programa cancelado de última hora para ocorrer a exibição da cobertura das manifestações, ao vivo)

Plantão Record: 11 (horário da exibição da cabertura ao vivo das manifestações e sem interrupções)

Hora do Faro: 9

Domingo Espetacular: 13  (programa jornalístico da Rede Record, com algumas matérias sobre manifestações)

Repórter em Ação: 7

Roberto Justus +: 4

:sbt:

Vrum: 2

Chaves: 4

Domingo Legal: 7

Eliana: 9

Plantão SBT: 10 (cobertura das manifestações)

Eliana: 9

Roda a Roda: 8

Programa Silvio Santos: 9

Conexão Repórter: 5

:band:

Band Esporte Clube: 2

Gol, o Grande Momento do Futebol: 2

Campeonato Paulista (São Paulo x Ponte Preta): 3

Terceiro Tempo: 3

A Liga: 3

Pânico na Band: 5

Canal Livre: 1

:redetv:

Chega Mais: 1

Encrenca: 2

Hawai 5.0: 1

Te Peguei: 2

Teste de Fidelidade: 2

É Notícia: 1

 

Como nota-se claramente nos números, os canais que optaram por ignorar a força das manifestações de rua, amargaram por sua vez com números de público muito ruins e que em momento raro da história foram superados inclusive por canais de TV por assinatura. 

Mas o que faz uma notícia como essa, em um ambiente sobre sexualidade masculina hétero fléxível? 

As ruas mostraram que o povo amadureceu mais um pouco, não são grupos isolados, mas a população como um todo que se manifesta e claramente até pouco tempo atrás havia uma tentativa de vinculação de comportamentos sexuais a partidos políticos, e nesse jogo cruel, diversos homoafetivos deram o seu voto, no executivo, não considerando a situação política do Brasil, mas considerando a posição dos candidatos em relação às declarações acerca da sexualidade. Agora já notam que isso foi e é um erro. Isso é um ponto positivo!

 

 

—————

Voltar