Um local para homens conscientes de seu papel. Obsv.


Representação g0y interpola uma petição à Secretaria de Direitos Humanos

20.08.2014 08:37

Uma simples página causa furor na rede social, vindo de um anti-milante gay, e talvez contrário até mesmo a postura de diversas lideranças LGBT que provalmente não compactuem com uma situação tão rídicula e degradante, o fato é que não apenas a home hospedada gratuitamente no facebook denominada 'g0y dá depresssão', como também diversas outras, fazem uma campanha incintando a guerra, a violência e uma perseguição mútua entre gays e g0ys no Brasil. 

O mais lamentável desses episódios da internet é que justo pessoas que se dizem discriminadas e possuem publicamente o discurso politicamente correto contra o preconceito e a favor da diversidade, mostram-se totalmente intolerantes e preconceituosas ao extremo.

No caso da página citada, a situação chega a uma situação tão deprimente que prejudica a própria imagem do facebook na rede social. Vejamos alguns exemplos retirados:

 

Visitando a dita página muitas outras situações que são claramente contra a honra e a dignidade humana podem ser vistas, o que motivou uma petição g0y com o pedido de defesa dos direitos humanos fundamentais. Leia o documento na íntegra:

"Chamo-se Joseph (codnome) abaixo assinado, divulgador da Filosofia e do Movimento g0y do Brasil, venho por meio deste pedir auxílio aos órgãos competentes sobre uma situação lamentável de preconceito, discriminação, perseguição, ataque e injúrias aos homens que se identificam como g0ys, especialmente aos presentes na comunidade virtual do Facebook, denominada Espaço g0y e afins.

A hostilidade parte de um grupo de pessoas desconhecidas que retiram informações de dentro do grupo através de ctrl+prt para distorcê-las e publicá-las injuriosamente na página denominada "G0y da depressão" (https://www.facebook.com/g0ydadepressao) que foi categorizada como entretenimento, porém, como se pôde observar, está explissitamente transgredindo as leis.

Vários membros do Espaço g0y e afins denunciaram à administração/moderação do Facebook sem obter nenhum resultado, e sabe-se muito bem quais são as políticas implementadas pelo Facebook que é estritamente contra ao assédio moral seja de qual natureza for.

Entretanto, por se tratar de uma rede virtual frequentada por pessoas anônimas (como é o meu caso), elas não sentem nenhum receio de estarem infringindo o Artigo XII daDeclaração Universal dos Direitos Humanos que diz:" Ninguém será sujeito a interferências na sua vida privada, na sua família, no seu lar (...)", e por não acatarem o Artigo XVIII da mesma que expressa: “Toda pessoa tem direito à liberdade de pensamento, consciência...”.

Gostaria que observassem que a Liberdade de Opinião da página supracitada é ilegal, inconstitucional e desprovida de defesa e argumentos plausíveis quando infringem o Código Penal Brasileiro no que se refere aos Crimes contra a Honra no quesito injúria. Por honra, atenhamos-nos à definição de Victor Eduardo Gonçalves: "é o conjunto de atributos morais, físicos e intelectuais de uma pessoa, que a tornam merecedora de apeço no convívio social e que promovem a sua autoestima", isto é, a um g0y não pode lhe ser atribuído adjetivos e conceitos que distorçam a imagem de sua realidade perante a sociedade fazendo que seja prejudicado e discriminado sejam por heterossexuais, homossexuais ou quaisquer que forem as orientações sexuais e identidades dos agressores.

Essa hostilidade, não é simples brincadeira ou passatempo, está tomando forma e expressões muito graves e preocupantes ao ponto de incitar o homicídio como podem ver na charge intitulada "Boa noite, little g0ys" onde mostram pessoas dirigindo um rolo compressor chamado GAY ROLLER-2000. Então, sabendo eles que os g0ys não seriam as pessoas dirigindo o rolo compressor, seriam as pessoas sendo esmagadas e implicando que seriam as pessoas afrente da máquina a quem estariam dando "Boa noite".

Apesar de essas pessoas lamentavelmente estarem usando a Rainbown Flag e a chamem a si de gays, em tempo algum o Movimento g0y acusou o Movimento LGBT e seus respeitáveis representantes de incitarem perseguições, discriminações, assédios e proferirem injúrias aos g0ys.

Porém, peço-lhes que também alertem as próprias comunidades LGBT que tenham contato e com quem vocês trabalham (http://www.sdh.gov.br/assuntos/lgbt) para tomarem também medidas drásticas acerca dessas pessoas que estão denigrindo toda a bela luta em prol da dignidade, segurança, igualdade, respeito não apenas para homossexuais e sim para todos nós seres humanos.

Atento de que há entre os militantes do LGBT, pessoas sérias e responsáveis que não discriminam os g0ys, pede-se a elas que resgatem Rainbown Flag, símbolo de sua luta e determinação em prol da Paz na diversidade.

 Gostaria de lhes informar que o Movimento g0y não faz parte do Movimento LGBT (internacionalmente nunca foi e nem pretendemos ser), mas respeita as diferenças!

O Movimento g0y não tem líderes, não somos um grupo militante nem ativistas, não temos lutas sociais nem lutas por reconhecimentos civis, não precisamos de nenhuma representatividade e sequer nossa insígnia (Bandeira g0y) deve ser hasteada nas ruas, nos prédios ou em qualquer lugar onde os g0ys estiverem reunidos. O movimento e a Filosofia existem apenas no campo privativo da vida de cada g0y, ele não tem nenhuma obrigação de se declarar g0y publicamente tampouco lhe é pedido que defenda o Movimento e a Filosofia da qual compartilha.

Todavia, vi-me na obrigação moral de recorrer ao bom senso dos órgão competentes para porem fim em uma atitude destrutiva, gratuita e infundada. Como nossos Defensores no âmbito nacional, peço-lhes mais uma vez que não permitam que isso se prolongue, peçam ao Facebook para localizar os responsáveis pela página, caso isso quebre a privacidade e o anonimato como direito que lhes assiste, então solicite que a página seja imediatamente removida sem comunicação prévia nem contra-argumentação porque vários de nós (g0ys e amigos/as) a denunciamos exaustivamente.

Aguardo a resposta e ação de vocês demonstrando que a Secretaria de Direitos Humanos da República Federativa do Brasil atende todas as pessoas que à ela recorre por justa causa.

Atenciosamente:"

 

O que emerge é que narciso acha feio o que não é espelho e são contra qualquer coisa que não esteja exatamente dentro do pensamento gay vigente.

—————

Volver